Seguidores

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Saudade...




Amigos, eu voltarei...

Se me disseres que me amas, acreditarei.

Mas se escreveres que me amas, acreditarei ainda mais.

 

Se me falares da tua saudade, entenderei.

Mas se escreveres sobre ela, eu a sentirei junto contigo.

 

Se a tristeza vier a te consumir e me contares, eu saberei.

Mas se a descreveres no papel, o seu peso será menor."

 

E assim são as palavras escritas: possuem um magnetismo especial; libertam, acalentam, invocam emoções.

 

Elas possuem a capacidade de, em poucos minutos, cruzar mares, saltar montanhas, atravessar desertos intocáveis.

 

Muitas vezes, infelizmente, perde-se o autor, mas a mensagem sobrevive ao tempo, atravessando séculos e gerações.

Elas marcam um momento que será eternamente revivido por todos aqueles que as lerem.

 

Viva o amor com palavras faladas e escritas.

Mate saudades, peça perdão, aproxime-se.

Recupere o tempo perdido, insinue-se, alegre alguém, ofereça um simples "bom dia".

Faça um carinho especial.

Use a palavra a todo instante, de todas as maneiras, e verás que sua força é imensurável.

Lembre-se sempre do poder das palavras.

 

"Quem escreve constrói um castelo, e quem lê passa a habitá-lo"

 

(Autoria desconhecida)

Quem souber de quem é a autoria desse lindo e verdadeiro texto, por favor me avise.

17 comentários:

  1. Lindo texto! beijos, ótimo dia! chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Ritinha

    Sdd imensa de vc.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Um fabuloso texto ! adorei

    Beijinho


    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Oi Ritinha,
    Volta logo, pois estou quase parando.
    Saudades de você
    Beijos Lua Singular

    ResponderExcluir
  5. Adoreii o texto, é muito lindoo.. beijos!!

    http://apenassonhosdreams.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Muito verdadeiro...lindíssima postagem!
    Beijos
    Mariangela

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ritinha, andas sumida mesmo!
    Lindo o texto, mas também não sei o autor.
    um grande abraço carioca


    ResponderExcluir
  8. Ritinha...o poema é lindo e tem uma abordagem...bem interessante!!! BJ amigo

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Ritinha.
    Não sei de quem é este poema mas que é lindo é.
    Que merece ser partilhado merece ;)
    Obrigado pela partilha.

    ResponderExcluir
  10. Oi Rtinha!
    Hoje passei para te conhecer.
    Prometo voltar com mais tempo, pra te conhecer melhor!
    Acredite, eu também voltarei.
    Abraços e boa semana!

    vitornani.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Ritinha,
    Eu apaguei todos os e-mail e marquei o nome de alguns, o seu não sei onde marquei. Da pra você passar o e-mail pra mim.
    Estou com saudades.
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  12. Gostei da escolha Ritinha e vá aparecendo!!
    Bj amigo

    ResponderExcluir
  13. Oi Ritinha
    A vida é ingrata, vai nos desgastando pouco a pouco. Agora vou voltar ao piano que adoro.
    Obrigada pelos comentários no meu blog e na poesia do blog do Viviani.
    A gente conversa pelo e-mail
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  14. Rintinha, onde andas tu? Sinto a tua falta!!

    Beijos

    Boa tarde Poetisa!

    Que versos tão bonitos, adorei..



    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  15. Olá tudo bem? Hj vim fazer um convite para
    participar do sorteio de natal que o meu blog
    Cantinho Virtual da Rita está fazendo .
    Desejo sorte participe, bjuss e bom final de semana

    Abraços

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir